assembleia

assembleia

2 de setembro de 2022

Debate Imirante: Brandão sai ileso de armadilhas dos adversários

 



Primeiro colocado nas pesquisas de intenção de votos para o Governo do Maranhão, o governador Carlos Brandão (PSB) saiu ileso do debate organizado pelo Imirante na noite desta quinta-feira (1°). Alvo da maioria dos adversários, o socialista foi firme em suas respostas e mostrou conhecimento do governo.

No primeiro bloco, Brandão teve dois embates com Enilton Rodrigues (PROS) – sobre povos indígenas e quilombolas, e sobre a Caema – e elencou uma série de ações e políticas públicas desenvolvidas no Maranhão nos últimos anos. Além disso, ele falou de projetos futuros, que já estão em andamento, como a ampliação da rede de saneamento básico em São Luís.

No segundo bloco, Carlos Brandão falou com propriedade sobre Meio Ambiente com Joás Moraes, e se esquivou bem dos ataques raivosos de Simplício Araújo, que resolveu jogar na lata do lixo toda a sua história no governo Flávio Dino.

Mas foi no embate direto com Weverton Rocha que Brandão se destacou, ao ponto do seu adversário elogiar até seus programas eleitorais. O governador aproveitou para cutucar o orçamento secreto, tema sensível para o pedetista, e fez questão de mostrar que faz gestão com transparência.

“No governo não existe tem escola secreta, não existe hospital secreto, não existe asfalto secreto”, disse.

No confronto direto, melhor para Brandão.

Logo em seguida, Carlos Brandão chamou Lahesio Bonfim para o embate, e escolheu como tema a educação. O ex-prefeito de São Pedro dos Crentes acabou titubeando após ser confrontado com ações do governo na área.

Em resumo, Brandão saiu ileso da armadilha montada pelos adversários. Líder nas pesquisas, era natural que fosse o principal alvo dos seus adversários. Mas o que se viu de destaque foi a serenidade do socialista e uma briga ferrenha entre os segundos colocados Weverton e Lahésio.